O Décimo Pilar: Diversidade e Inclusão

Originalmente concebido e sustentado por sete pilares (coerentes com sua estrutura empresarial), o Programa de Integridade da PS SOLUÇÕES vem paulatinamente, amadurecendo e sendo adaptado às transformações sociais. Em recentes estudos, a Legal Ethics Compliance School (LEC), uma das mais importantes escolas de formação em Compliance no Brasil, divulgou uma inovação no que se refere aos pilares de um programa de compliance. Acrescentou DIVERSIDADE E INCLUSÃO, como sendo o 10° Pilar, dentre os nove pilares clássicos, já existentes:

1- Suporte da alta direção;

2- Avaliação de riscos;

3- Código de conduta e políticas de compliance;

4- Controles internos;

5- Treinamento e comunicação;

6- Canais de denúncia;

7- Investigações internas;

8- Due diligence;

9- Auditoria e monitoramento.

Não raro, a imprensa tem divulgado episódios lamentáveis em que grandes empresas tiveram sua reputação colocada em xeque, em razão de situações em que houve descaso ou total desrespeito à diversidade e à inclusão. É inconcebível pensar, que ainda vivemos num mundo onde pessoas são subjugadas pela cor da pele, pela orientação sexual, pela idade, pela forma física, pelo estado civil, pelo gênero etc. No entanto, as empresas têm importante papel em educar, prevenir esses abusos e crimes e trazer uma nova consciência para o mundo corporativo. No que tange à educação e prevenção, um programa de integridade/compliance tem importante papel nessa missão. O PS SOLUÇÕES COMPLIANCE empenhado em evitar atentados ao pilar DIVERSIDADE E INCLUSÃO, previu no Código de Conduta e no Livro Azul de Políticas de Integridade da empresa, as condutas inadmissíveis (tolerância zero), pela empresa e severas medidas disciplinares, para quem as cometer, que vão desde advertência à demissão por justa causa (após procedimento investigatório). As medidas disciplinares no âmbito trabalhista, não eximem o autor do fato abusivo/repudiado, do criminal compliance, ou seja, daquelas situações que redundam em crimes (racismo, assédio sexual, homofobia, o recém criminalizado stalking, lesão corporal etc.). Nessas situações, a empresa tem o dever de apoiar a vítima e reportar às autoridades competentes, o ato lesivo, para que sejam tomadas as medidas legais cabíveis.

Mas o que é exatamente diversidade e inclusão?

Diversidade, numa ideia generalista, diz respeito à pluralidade sociocultural que envolve indivíduos, grupos e sociedades (natureza humana e seus diferentes caracteres). No meio ambiente empresarial, diversidade é a variedade de pessoas, culturas e ideias, reunidas em torno de objetivos e atividades econômicas organizadas. Também num contexto simplista e compreensível, inclusão é a defesa de participação de todos em quaisquer processos e atividades, observadas as peculiaridades de cada ser como indivíduo e, portanto, digno de respeito. Em belíssima e poética definição, o professor Felipe Faria da LEC (Legal Ethics Compliance) fez a seguinte conceituação: “Diversidade é convidar a todos para a festa e inclusão é convidar para dançar”. É sabido que as empresas têm buscado, cuidar cada vez mais, desses aspectos porque ações afirmativas e práticas inclusivas tornam a empresa, um ambiente mais acolhedor e humano e o mercado vê com bons olhos tais ações. Pesquisas revelam (MC Kinsey & Company) que empresas empenhadas em desenvolver políticas e mecanismos para promoção de diversidade e inclusão, teriam mais chances de ter rentabilidade acima da média (FARIA, 2020).

Entretanto o outro lado dessa história, ainda é muito triste, porque algumas empresas se aproveitam da bandeira da diversidade e inclusão para lucrar, enquanto na verdade, o discurso é amplamente demagógico.  Temos vários exemplos dessa dissociação cognitiva, basta uma simples análise dos padrões de contratações, investimentos em capacitação e promoções, para entender que há um abismo entre o discurso e a prática. A esperança é que aos poucos, esses absurdos, acabem ficando para trás e, empresas se abram para os debates, promovam educação para a ética/integridade e consciência e que principalmente, sejam derrubados os muros do preconceito e da ignorância que afastam pessoas e distanciam as empresas de um crescimento verdadeiramente sustentável. Muitas dessas organizações perdem, não apenas talentos, mas também diferenciais de competitividade, perdem em inovação, criatividade e boas chances de melhorar sua participação no mercado.

No ambiente de trabalho, onde as pessoas se encontram todos os dias, é natural que se crie um clima de liberdade e descontração, afinal de contas, o trabalho deve ser motivo de felicidade e satisfação. No entanto, é preciso coibir os excessos e a falta de limites em relação às brincadeiras, apelidos e piadas (de mau gosto, abusivas, discriminatórias e desrespeitosas). Pensando nisso, a PS SOLUÇÕES se adiantou em prever em seu programa de integridade, políticas e normas que assegurem o respeito integral ao princípio da dignidade humana e estamos trabalhando por ações afirmativas que promovam de forma efetiva, um ambiente empresarial de diversidade e inclusão. Ademais, a empresa dispõe de um canal de denúncia e comunicação que facilita a apuração e o tratamento rápido, dos casos em questão. Uma de suas ações afirmativas são os treinamentos e palestras sobre temas correlatos, uma vez que, seu programa tem como premissas básicas a prevenção e a educação, a fim de evitar abusos.

A ideia de inserir “diversidade e Inclusão,” como pilares dos programas de compliance no Brasil, sinaliza importante mudança, no triste cenário histórico de um país, que ainda carrega o estigma de seu passado escravagista e, ademais, ostentarmos no cenário mundial, números alarmantes de violência e tratamento discriminatório e desumano por motivações raciais, contra mulheres, homossexuais, crianças e portadores de necessidades especiais. Desejamos que em breve, esse cenário, que nos causa tamanha perplexidade, seja substituído por ideais revolucionários (liberdade, igualdade e fraternidade) para a proteção e promoção do respeito a grupos vulneráveis, discriminados e ameaçados. Na PS SOLUÇÕES, o tone at the top (o exemplo que vem de cima) é inquestionável, pois além de repudiar quaisquer atos atentatórios à dignidade humana, a alta direção apoia, orienta e promove ações afirmativas, pois defende que, não se pode falar em atividade econômica sustentável num meio ambiente empresarial onde ainda existam abusos, hostilidades e truculência de toda ordem.

Podemos dizer que aqui, diversidade e inclusão não são meros sonhos ou ideais porque trabalhamos incansavelmente (missão) para que nossos valores sejam disseminados para outras organizações (parceiras e intermediárias) e para a sociedade. Essa empresa deseja ser reconhecida (reputação) como uma organização que busca os mais altos valores humanos. Por meio desse artigo, tornamos pública nossa intenção de incluir em nosso programa de integridade, oficialmente, o pilar DIVERSIDADE E INCLUSÃO, firmando o propósito de lutar por uma sociedade mais justa e igualitária.

 

Andréa M. G. Leandro
Compliance Officer CPC-A

Compartilhe

Comentários

  1. Marcio disse:

    Texto muito lúcido e condizente com os dias atuais.
    Já passou da hora das empresas se posicionarem sobre o tema.

  2. Prezado Márcio,

    O PS SOLUÇÕES COMPLIANCE agradece por sua valiosa participação! As impressões externas são essenciais para nossa atuação e para a efetividade desse programa. Nossas premissas básicas são prevenção, detecção e resposta. A ideia de prevenção trás intrínseca a importância de educação para a ética. Por isso, a PS SOLUÇÕES tem buscado trazer ao debate, temas sensíveis, pois acredita que só o diálogo pode colocar fim aos abusos e à ignorância, que são males que afetam no mundo inteiro.
    Muito Obrigada! Continue nos seguindo!

  3. Excelente posicionamento perante à um tema tão necessário.
    Fico feliz em fazer parte da equipe PS Soluções e saber que temos os mesmos ideais.
    Diversidade e Inclusão é obrigatório na sociedade atual, tanto no âmbito pessoal quanto profissional.
    Obrigado por este maravilhoso texto!
    Aprender a aceitar e respeitar as diferenças é uma educação que deveria ser implantada no ontem!

Deixe seu comentário

Os campos com * são obrigatórios